A Cultura de sua empresa está apta a realizar sua estratégia de negócios em 2017?

negócios em 2017

A frase acima, atribuída ao pai da administração moderna Peter Drucker, revela o poder da cultura de uma empresa para alavancar ou não as estratégias de qualquer negócio. Isto quer dizer que ter uma Cultura Organizacional coerente e alinhada com a visão de futuro de sua empresa é mais importante do que o desenho da própria estratégia. O modo como seus líderes e demais colaboradores se comportam, se organizam e tomam decisão dentro de sua companhia é definidor para o sucesso e longevidade de seu negócio. Principalmente em um cenário como o atual, repleto de incertezas, com a política e economia sem direcionamentos claros.

Neste sentido, só ganharão espaço as empresas com capacidade de rapidamente responder ao mercado por meio de evoluções contínuas em suas estratégias que, invariavelmente, devem ser acompanhadas pela adaptação da cultura interna, permitindo assim respostas rápidas e inovações disruptivas. No contexto altamente complexo e dinâmico em que o mercado vive, que em muito lembra uma versão hiperacelerada da Teoria da Evolução darwiniana, as companhias que não tiverem em seus sistemas diversidade de recursos (materiais e humanos) para uma rápida e eficaz adaptabilidade correm risco de extinção. Mais do que nunca, torna-se vital ter senso de urgência para responder aos novos contextos de mercado.

Neste atribulado caminho de atualização constante, porém, é preciso manter-se fiel à essência, aos valores e ao propósito de sua organização. De nada adianta se adaptar ao mercado se, no processo, forem sacrificados os elementos constituintes de sua marca. É necessário mudar, mas sem perder o DNA. Seus colaboradores precisarão reconhecer o valor que sempre viram em trabalhar juntos e seus clientes, em optar por seus produtos e serviços. Para tanto, faz-se necessária uma compreensão profunda da cultura atual do seu negócio a fim de descobrir quão alinhada ela permanece aos valores organizacionais e qual seu potencial para alavancar as mudanças estratégicas que, certamente, virão.

É necessário identificar também como está a percepção dos atributos de sua marca no mercado e se eles são representativos da cultura desejada para sua empresa. Marca e Cultura devem caminhar juntas. São as duas faces de uma mesma moeda. Afinal, elas, somadas, são a expressão de sua companhia no mundo. São sua Estética, representada pelas ações externas de sua Marca, e sua Ética, reforçada pelos comportamentos e escolhas dos indivíduos e da própria empresa junto a seus colaboradores, fornecedores, sociedade e meio ambiente.

O bom entendimento e o balanço adequado da equação “Ética x Estética” de sua empresa e sua aplicação em resposta aos desafios estratégicos que a volatilidade dos tempos atuais nos impõe certamente trarão como solução uma lógica eficaz de adaptação contínua, coerente com a essência do seu negócio. Desta forma, sua companhia poderá se adequar às alterações em seu meio, sejam elas de mercado ou no perfil de colaboradores, consumidores e clientes, permitindo assim uma vida longa e produtiva ao seu negócio.

Newton Branda
Consultor de Cultura Organizacional e Comunicação