É A ECONOMIA (de tempo, energia e imagem), ESTÚPIDO!

e-a-economia-estupido-texto-Tree-comunicacao-heloisa-carvalho

Você já viveu a situação. É clássica. Você sabe que sua opinião è contrária a que se está consolidando, mas sabe também que contar isso, informar o porque, evidenciar suas razões e tratar do ponto demandará muito tempo, muito esforço, muita paciência e muita energia. São tantos muitos reunidos em uma só frase que rapidamente você opta por mentir. Podem ser mentiras triviais, como sua real avaliação a respeito do novo corte de cabelo da sua melhor amiga. Ou podem ser decisões relevantes. Acontece quando um gerente oficialmente não oferece resistência a uma ideia, mas mentalmente sabe que vai sabotá-la porque acredita que não é o melhor caminho. Ou quando você mente ao pesquisador. E diz que não votará no seu candidato a presidente dos sonhos, porque ele é avaliado como nefasto e percebido como opção de gente “looser”. E você sabe que se falar isso ao pesquisador será taxado de looser. Erro? Poupar tempo e energia é foco de todos e um objetivo suficientemente importante para sustentar a prática. Cabe a quem demanda opinião por meio de pesquisa, a quem apresenta ao time uma ideia que precisa ser implementada corretamente ou a quem deseja ter as reais opiniões sobre algo garantir que elas sejam bem recepcionadas, trabalhadas e assimiladas. Dar espaço para que o conflito apareça pode tornar melhor um processo. Gasta-se mais tempo na saída, é fato, mas uma vez iniciada a implantação ela ocorre de fato. E você? Como você organiza suas comunicações: há espaço para o conflito surgir? Ou você convida a todos, sem falar isso claramente, a convergir forçosamente, mesmo que de modo aparente? Já pensou se sua pesquisa – essencial para definir que rumos estratégicos seguir – pode estar sendo aplicada de modo que você leve todos a agir sem vínculo com a verdade, para economizar tempo e energia? A Tree sabe como evitar isso e
Abraçar o conflito para que ele seja considerado em sua estratégia de comunicação e não o surpreenda ao virar crise!

Heloiza Carvalho
Sócia Diretora Tree Comunicação